Você conhece o termo slow fashion?

Quem me acompanha pode falar melhor, quantas vezes vocês já não me viram dizer que isso ou aquilo é tendência para a próxima estação? Quantas tendências temos por temporada. Antigamente falava-se em duas a três tendências fashion. Como tudo que vem acontecendo nos tempos modernos, a moda também esta mudando muito rápido. Com as redes sociais, todos tem acesso a tudo em real time, demandando novidades diárias.

Devida a essa rapidez que as coisas mudam, desde de 2008 passou a se falar em slow fashion. Afinal, o que é isso? O slow fashion é um movimento sustentável onde preza a desaceleração das coisas. O consumidor é incentivado a entender e valorizar todo o processo de criação de uma peça – matéria prima, criação, produção, uso e até mesmo o reuso.

“It’s about the consumer becoming aware of the whole process–from design through production through use and through the potential to reuse,” Hazel Clark – Parsons.

Não se trata de uma tendência, e sim uma conexão com cada peça de roupa. Já levantei esta bandeira de valorizar os tecidos, corte e costura algumas vezes por aqui.

Algumas marcas que já adotam este conceito hoje em dia são: Pendleton, Patagonia, Eileen Fisher, Zady entre outras.

Compartilhe
Compartilhe