Conjuntos: Do corporativo às ruas

Os conjuntos surgiram no século XII, como traje de equitação para mulheres e eram confeccionados por homens, já que os tecidos eram pesados e grossos. O nome “Tailleur” vem dessa forma de confecção, a expressão francesa remete ao trabalho dos alfaiates.

Foi apenas no século XIX que eles conquistaram o guarda-roupa diário das mulheres com novas modelagens e silhuetas, saias mais curtas e o boom da moda de Coco Chanel. Hoje, grifes de renome como Stella McCartney, Dolce & Gabbana, Prada e Balmain trazem conjuntos com shorts e calças em diferentes cores, tecidos e estampas, agradando à todas.

conjunto_img1

Para que as partes formem um conjunto, elas precisam ser da mesma estampa, tecido ou cor. Além disso, duas peças já são suficientes por exemplo: blusa + saia, casaqueto + shorts, blazer + calça, etc. O legal é que peças neutras podem complementar o look sem roubar toda a atenção.

conjunto_img3

No dia a dia dos escritórios os conjuntos são comumente vistos em looks corporativos, mas podem tambem compor looks noturnos, para festas e até mesmo gala.

conjunto_img2

Para aprender mais sobre como adequar os conjuntos em seu guarda-roupa e otimizar o uso de suas peças, entre em contato conosco na seção “Contatos” ou em dresscode@dresscode.com.br para saber mais sobre nossos serviços pessoais e corporativos e fique atenta as datas de nossos cursos.

Compartilhe
Compartilhe